Rio 40 Graus

No último post comentei que iria vir para o Rio de Janeiro passar o feriado. E aqui estou para falar um pouquinho sobre como manter em dia o #projetodri40 em meio a uma cidade repleta de tentações. 


Primeiramente tentamos ser muito práticos com o volume de bagagem: uma mochila apenas e que não pesa nem 5 Kg (dá para carregar tudo sem precisar despachar a bagagem). O Gabriel está aqui comigo e pra quem não sabe ele já é um expert em mochilar pelo mundo, então três dias na cidade maravilhosa é fichinha né? 

A verdade é que meu corpo está exausto com a viagem. Sem brincadeira. Ontem andamos muito, muito mesmo, por quase toda a extensão da orla de Copacabana até depois do Arpoador em Ipanema, com direito a visita ao forte de Copacabana. Ida e volta aproximadamente 8 Km. 

E escadas, como subimos escadas nesses dias. No Cristo Redentor, no nosso hotel, sempre escadas por todos os lados. A verdade é que estou fazendo mais aeróbicos por aqui do que na rotina de academia! 

A alimentação não está lá uma Brastemp, mas fui esperta e deixei minhas refeições livres para serem usadas por aqui. Fritura já foi, mas guardei os doces pra amanhã que é Páscoa e dia de dar tchau ao Rio de Janeiro.



Mas voltando a falar no Cristo Redentor, nada mais bonito de se ver especialmente no feriado da Ressurreição. Estar lá mesmo com toda a muvuca de turistas, e olhar pra cima e não ver nada além dele e de um céu lindo é espetacular, vale a pena cada centavo do passeio (dica: vá de van credenciada, subir sem elas é um parto). 

Depois eu escrevo mais, estou exausta! 
Até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário